Subscribe News Feed Subscribe Comments

Selecção Final para o Curso de Desenvolvimento e Gestão Cultural da ODC



Os pré-selecionados foram convocados para um encontro com a coordenação, realizado no dia 30/08 às 19h, para apresentação do curso e das regras de participação. Após conscientizar os pré-selecionados sobre a importância do próprio compromisso com o curso, foi realizado um sorteio entre os presentes para definição dos 50 participantes da turma e da lista de espera, composta por 10 excedentes.

RESULTADO DA SELEÇÃO FINAL
1 Adriano Borges da Cruz
2 Alexandre Vasconcelos Magalhães
3 Amélia Corrêa Passos
4 Ana Cristina Jardim de Melo
5 ANA RITA GONÇALVES DE SOUZA
6 Andréia Alves Fonseca
7 ANTONIO DE PADUA TEIXEIRA
8 Bianca Xavier Lemes
9 Bruna Raphaella Rodrigues da Silva Acácio
10 Camila Lacerda Lopes
11 Carolina de Faria Moreira
12 Célia Francisca Soares
13 Cristina Fernandes
14 Diana Faria Vidigal
15 Douglas Colares
16 Douglas Gouveia Pego
17 Eduardo Maroca Soares
18 Elena Ciciliotti Rocha
19 Eliane Cristina de Sousa
20 elida silva pereira
21 Énia Dára dos Santos Medina
22 Felipe Carneiro Munaier
23 Felipe Henrique Lemos Reis
24 Fernanda Cavalini Pedroso
25 Fernanda Fernandes Fontes
26 Fernanda Godinho de Souza
27 Flávio Pinto Valle
28 FREDERICO DE PAULA CARVALHO
29 Geraldo Alves Lacerda
30 GUILHERME DIAS MELO CARVALHO
31 Isabela Reis e Silva
32 JANAÍNA ARAÚJO DE SOUZA
33 Jane Basileu Guimarães
34 Larissa Scarpelli Viana
35 Letícia Maria Ribeiro Mendes Pires
36 Luiz Gonzaga de Oliveira Júnior
37 Maria Angélica Diniz Junqueira Pedrosa
38 Marylin Luiza Ribeiro de Oliveira
39 Melissa da Rocha Fonseca
40 OSCAR FERNANDES VIEIRA GONCALVES
41 PAULA FERREIRA GRANJA
42 Renata Cardoso Gontijo
43 Richardson Santos de Freitas
44 Ronaldo Eustáquio da Silva
45 Sebastião Lisboa de Andrade Rinaldi
46 Sofia Martins da Costa Rodrigues
47 Teresa Cristiana de Sousa
48 Themis Cristina Lobato de Lima
49 Valdiva Araújo Prado
50 Victor Vieira de Andrade

LISTA DE ESPERA
1 Nuno Arcanjo Aquino Almeida
2 Elena Lucia Rivero
3 ANDRÉA LIMA DE CASTRO
4 Zuleide Ferreira Filgueiras
5 Isabela Leite Conceição
6 Fernanda Coutinho Sabino
7 Gilberto César Vieira
8 João Sales dos Santos
9 Eliane Mendes coelho
10 Carlos Vinícius Pereira Lacerda

Eu postei aqui no blog, no dia 16 desse mês, a abertura para as inscrições para esse curso (clique aqui para ver o post). Eu dei a sorte de passar na seleção! Então é o seguinte, vou mantendo vocês informado sobre o progresso do curso.

Mostra Indie 2011


 


INDIE 2011 APRESENTA O CINEMA DE CLAIRE DENIS E BÉLA TARR
 

Dois dos mais brilhantes diretores contemporâneos e realizadores de filmes de grande impacto recebem retrospectivas no INDIE que acontece de 2 a 8 de setembro, em Belo Horizonte.

"Cineastas que através de seus filmes deixam impressas na memória do seu público imagens, sons. Cenas, planos, takes. Rostos, peles, corpos, o barulho do vento. Imagens que permanecem, sensações que se relembram. O cinema que fica. O Indie 2011 – Mostra de Cinema Mundial traz a Belo Horizonte a retrospectiva de dois cineastas que na criação de suas obras partem de uma construção original e própria, de uma ideia estética e conceitual do fazer cinematográfico: a francesa Claire Denis e o húngaro Béla Tarr.

O Indie 2011, que acontece de 2 a 8 de setembro, exibe 80 filmes de 19 países. Nesta que é a 11ª. edição em Belo Horizonte, o festival propõe novos espaços de exibição: o Teatro Oi Futuro Klauss Vianna, que terá exibição em 35mm e digital; o novo cinema do SESC Palladium e, além claro, do tradicional Cine Humberto Mauro, no Palácio das Artes. Todas as sessões tem entrada franca.

Claire Denis, que nasceu na França em 1948, mas que passou sua infância e seus anos de formação na África, é uma das maiores cineastas do cinema contemporâneo francês. A retrospectiva composta por 20 filmes traz todos os seus 11 filmes de ficção, três documentários e seis curtas: do seu primeiro filme que lançou sua carreira, em 1988, “Chocolate” aos filmes que se seguiram como “Noites sem Dormir” (1994), “Nennete e Boni” (1996), “Bom Trabalho” (1999), “Desejo e Obsessão” (Trouble Every Day, 2001), “O Intruso” (2004), “35 Shots de Rum” (2008) e “Minha Terra, África” (White Material, 2009). O cinema de Claire Denis gravita entre narrativas sobre o estranhamento, a sexualidade, a intimidade, a subjetividade das relações, o estrangeiro. Trabalha quase sempre com uma equipe de colaboradores freqüentes, incluindo o roteirista Jean-Pôl Fargeau, a diretora de fotografia Agnès Godard, a montadora Nelly Quettier, o compositor Stuart Staples (dos Tindersticks) e os diversos atores que marcam presença em seus filmes, como Alex Descas, Isaach de Bankolé, Grégoire Colin, Béatrice Dalle e Vincent Gallo.

O húngaro Béla Tarr utiliza todos os fundamentos da linguagem cinematográfica para realizar seu cinema belo e essencialmente político e metafísico. A política que atinge duramente a vida do indivíduo, das famílias e do homem húngaro marcou seus primeiros filmes “Ninho Familiar” (1977), “O Outsider” (1980) e “Pessoas Pré-Fabricadas” (1982). Nos seus filmes seguintes “Maldição” (1988), “Satantango” (1994), com seus 450 minutos de duração; e “Harmonias de Werckmeister” (2000), o diretor analisa questões existenciais e aborda fatos como a pobreza, a decadência e a falência moral. Em todos os seus filmes seu estilo: imagens em preto e branco, a atmosfera meticulosamente composta e longas cenas. Em 2007, “O Homem de Londres”, filme de Tarr baseado no livro de Georges Simenon, competiu no Festival de Cannes. Nascido em 1955, Béla Tarr recebeu em 2011 o Urso de Prata no Festival de Cinema de Berlim com o impressionante “O Cavalo de Turim”. Aclamado como um dos mais completos e inovadores diretores contemporâneos de cinema autoral, Tarr anunciou que este será seu último filme. A retrospectiva completa exibirá 10 longas e quatro curtas.

A programação do Indie 2011 terá ainda, na Mostra Mundial, o cinema contemporâneo realizado por um nova geração de cineastas e exibidos nos principais festivais internacionais. O programa traz 23 filmes, inéditos, realizados em 15 países. Entre os destaque estão: os dois filmes que ganharam no Festival de Roterdã, o Tiger Award, “Eternidade” do tailandês Sivaroj Kongsakul e “Finisterrae” do espanhol Sergio Caballero; o documentário da conceituada artista americana Lynn Hershman Leeson “!Mulheres Arte Revolução”; os cults “Fim de Semana”, do inglês Andrew Haigh; e o americano “Bellflower” de Evan Glodell; o filme grego “Juventude Perdida”, além da comédia musical pinku eiga “Amor Debaixo D´Água” do japonês Shinji Imaoka. Vale também acompanhar os novos talentos do cinema: o tailandês Aditya Assarat com “Hi So”, o americano Mike Ott com “Littlerock”, e os dois últimos filmes de Joe Swanberg “Autoerótico” e “Tio Kent”.

Você sabia que o punk agora é DIY? As movimentos musicais e culturais mais importantes da cena mundial estão na programação do Música do Underground. São nove documentários inéditos que trazem os bastidores e shows de bandas como Ministry e Fishbone; a cultura digital em PRESSPAUSEPLAY, os 30 anos da banda brasileira Inocentes, o artista performático Jesse Bernstein que influenciou o Kurt Cobain e o grunge, e ainda, o que acontece quando os punks se tornam pais em “The Other F Word”. Além claro, de dois documentários sobre o DIY (Do It Yourself = faça você mesmo), a nova onda do punk em “Sangue, Suor e Vinil” e “Barulho e Resistência”.
 
Sete filmes brasileiros estão na programação do Indie Brasil. O festival promove as pré-estreia dos filmes “Daquele Instante em Diante”, de Rogério Veloso, sobre o músico Itamar Assumpção; e “Ex Isto” de Cao Guimarães. O Indie traz também uma nova geração do cinema mineiro em “Estado de Sítio” dirigido por oito diretores; “Mulher à Tarde”, de Affonso Uchoa e “Os Residentes” de Tiago Mata Machado. Para completar o cearense Petrus Cariry com “Mãe e Filha” e o pernambucano Marcelo Lordello com o documentário “Vigias”.

O Indie 2011 faz também um programa especial dedicado ao cineasta francês Pierre Coulibeuf que estará em Belo Horizonte para a abertura da sua exposição “Dédale” no Oi Futuro, em setembro. Coulibeuf, reconhecido por seu trabalho com coreógrafos e artistas como Jan Fabre e Meg Stuart, escolheu para ser exibido no Indie dois longas – “Os Guerreiros da Beleza” e “Em Algum Lugar Entre” – e os curtas “Demônio da Passagem”, “Pavillon Noir”, “Magnetic Cinema” e “Crossover”.

O Indie 2011 - Mostra de Cinema Mundial tem patrocínio da Oi, apoio da Cemig, Contax e Oi Futuro, é realizado através dos benefícios da Lei Rouanet - Ministério da Cultura, Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Belo Horizonte. É uma produção da Zeta Filmes.

Depois de Belo Horizonte, o Indie acontece em São Paulo entre os dias 16 e 29 de setembro no CineSESC e no Cine Olido. "

SERVIÇO

Indie 2011
Maiores informações:
Site: www.indiefestival.com.br
twitter: @indiefestival
www.facebook.com/indiefilmfestival
Informação para o público: 31 8677.9355

 
Em Belo Horizonte 02-08 de setembro

Teatro Oi Futuro Klauss Vianna (329 lugares)
Av. Afonso Pena, 4001 – Mangabeiras

Sesc Palladium (82 lugares)
Av. Augusto de Lima, 420 - Centro

Cine Humberto Mauro (136 lugares)
Av. Afonso Pena, 1537 - Centro

Classificação indicativa: Diversa (consulte o site)

ENTRADA FRANCA
(ingressos disponíveis nas bilheterias dos espaços 30 minutos antes de cada sessão)



Inscrições Abertas para Oficinas Gratuitas - Mostra CineBH


INTERCOM 2011 - 36º Congresso Brasileiro de Comunicação


Inscrições Abertas para o Cine Expressão - Mostra CineBH


ODC abre inscrições para Curso Desenvolvimento e Gestão Cultural em BH



IICS promove curso de direito da comunicação


O IICS promove de 22 de agosto a 12 de dezembro seu curso de Direito do Entretenimento, Comunicação, Lazer e Cultura, sob coordenação do professor e advogado especializado no setor Marcos Bitelli. 

O curso trata dos aspectos legais de questões como a proteção da criação artística, direito de autor e copyrigth, licenciamento, normas relacionadas à produção de livros, música, cinema, teatro, shows, bem como as regras de reprodução e difusão por TV, IPTV ou Web TV. 


É voltado a advogados, produtores, empresários, editores, jornalistas, publicitários e demais profissionais da área do entretenimento, comunicação, lazer e cultura. 

Inscrições e outras informações: www.iics.edu.br/direito.







Marco Aurélio Ribeiro
Presidente da Associação de Documentaristas
e Curtas Metragistas de MG - CURTA MINAS / ABD-MG
http://curtaminas.com.br
 
(31) 8749-9026 / marcovhs@hotmail.com
www.youtube.com/marcovhs - www.youtube.com/navalhabh
Facebook: Marco Aurélio Ribeiro - Navalha Produtora Audiovisual
Related Posts with Thumbnails
 
Diana Vidigal | TNB